Hospital 5 de Outubro aplica terapia com cavalos em crianças especiais

Nas segundas-feiras, crianças especiais atendidas no Hospital 5 de Outubro, em Canaã dos Carajás (PA), gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, participam de sessões de equoterapia que é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem multi e interdisciplinar.

Este tratamento dentro de uma abordagem interdisciplinar da saúde, objetiva o desenvolvimento biopsicossocial, incluindo os primeiros contatos com animal, os cuidados preliminares, o ato de montar e o manuseio final.  Ainda desenvolvem novas formas de socialização, autoconfiança e autoestima.

Segundo a psicóloga do HCO, Débora Lanôa, na Equoterapia o cavalo é o co-terapeuta e o contato entre o animal e as crianças com autismo atendidas no HCO estimula desde o primeiro momento, com também,  a aceitação da mesma ao cavalo e ao novo ambiente. “Após o estabelecimento deste vínculo e segurança da criança, as atividades com recursos lúdicos são realizadas, em prol de desenvolver habilidades sociais, cognitivas e de comunicação dela, visando promover maior autonomia e independência, melhor que anteriormente a equoterapia”, explicou.

Para complementar o trabalho realizado pela psicóloga, as atividades contam com a participação da fonoaudióloga do HCO, Sidna Aguiar, que atua no desenvolvimento linguagem, estimula o tato e ao chamado sistema vestibular, que é responsável pela manutenção do equilíbrio.

Satisfeita com o tratamento que é oferecido ao seu filho de 8 anos, Fernanda Kolling, relatou que já lia sobre a terapia com cavalos e como tem sido eficiente na melhora do comportamento de sua criança. “Em nossa cidade ainda não era oferecido, mas com a parceria do Hospital representado pela fonoaudióloga e a psicóloga, nosso sonho virou realidade, e agora o tratamento já começou  e as esperanças nasceram junto com ele, pois nos é oferecido mais um auxilio nessa luta diária que é superar as limitações de nossas crianças especiais. Obrigada a todos que sonharam e lutaram pela concretização desse projeto!”, disse.