Hospitais públicos do Pará movimentam Dia das Crianças dos pacientes internados

Quando soube que teria um Dia das Crianças com festa e brinquedos, D.S.S, de 8 anos, fez questão de trocar o quarto onde está internada pela brinquedoteca do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém (PA), onde faz tratamento contra um câncer. “Ela quis participar e foi uma programação boa. Ela adorou a nova peruca de Elsa e ter conhecido o Lobo”, conta Rosinete Silva, mãe da jovem torcedora do Paysandu. 

A visita do Lobo e do Leão, mascotes de Paysandu e Remo, a doação de toucas super-heróis e perucas inspiradas nas personagens de desenhos animados feitas por voluntários, foram algumas das atividades realizadas em comemoração ao Dia das Crianças nos hospitais públicos do Pará, gerenciados pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar. 

Além do Oncológico Infantil, a programação de brincadeiras e cuidados especiais também chegou às crianças atendidas nos hospitais Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, e Regional da Transamazônica (HRPT), em Altamira, e Regional do Sudeste do Pará (HRSP), em Marabá. 

No Metropolitano, as homenagens às crianças se misturam às rotinas de atendimentos da Unidade, com o uso de recursos terapêuticos como Gameterapia e de atividades educativas. “É um momento lúdico que proporciona o desenvolvimento da coordenação motora e a paciência das crianças, que acabam sentindo mais os impactos da hospitalização”, explicou Monique Magalhães, aluna do curso de Terapia Ocupacional da Universidade do Estado do Pará (UEPA), sobre a oficina de dobradura de papel com as crianças.

Em Marabá, a inspiração para o Dia das Crianças também esteve nos super-heróis. Durante a semana, voluntários realizaram atividades lúdicas para criação de máscaras, pinturas e teatro de fantoches. Já em Altamira, os pacientes infantis do HRPT tiveram uma programação com brincadeiras no jardim da Unidade. “Foi um dia de alegria para as crianças que estão vivenciando essa rotina longe de casa”, ressalta Terapeuta Ocupacional, Rafaela Rizzi.

Em Santarém, o HRBA recebeu uma legião de super-heróis que interagiram e repassaram orientações sobre higiene. A estudante de Pedagogia, Dâmila Silveira da Silva, se transformou em Ladybug para fazer a alegria dos pacientes. “Participar desse projeto é muito especial, porque podemos ter essas vivências que são únicas. E nada melhor do que poder trazer um pouco de felicidade para essas crianças que precisam tanto”, conta.

Apresentação de Coral

Além dos super-heróis e brinquedos, a música também alegrou o Dia das Crianças nos hospitais públicos do Pará. O Oncológico Infantil teve a primeira apresentação do Coral do Hospital, que cantou o clássico infantil “Superfantástico”, da Turma do Balão Mágico. “Música remete à alegria, conforto e paz e o Coral tem esse objetivo”, explica a assistente social, Tirza Ferreira, que ainda falou sobre a emoção da estreia. “Ver e sentir o sorriso no rosto das nossas crianças nos levou a ser criança como eles novamente”, complementou.  

Formado por servidores do Tribunal de Justiça da Comarca de Santarém, o Coral Juscante se apresentou na Brinquedoteca do Hospital Regional, em Santarém, com um repertório variado que animou as crianças acompanhadas dos pais. “Eu gostei de tudo. Foi muito legal poder cantar junto”, revelou a pequena E.K.S, de 10 anos.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of