Hospitais geridos pela Pró-Saúde no Pará são atualizados na metodologia de avaliação da ONA

Cerca de 50 profissionais que atuam nas Unidades de Saúde geridas pela Pró-Saúde no Pará estiveram presentes no Curso de Atualização para Avaliadores Internos – Manual ONA versão 2018/2022, que visa capacitar os participantes segundo a metodologia do Sistema Brasileiro de Acreditação – SBA da Organização Nacional de Acreditação – ONA. O encontro aconteceu no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua (PA), nos dias 26 e 27 de novembro.

Com o objetivo de interpretar o Manual Brasileiro de Acreditação – ONA e suas inter-relações, sob a ótica do avaliador, como referência para as avaliações; o curso foi aplicado pela Coordenadora Corporativa do Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente, da Sede Corporativa da Pró-Saúde, Luciane de Falchi Carrano de Oliveira. 

Durante o treinamento, foram trabalhadas de forma prática as noções de interpretação do manual, de acordo com os princípios e práticas de planejamento e execução de avaliação de Sistemas de Gestão Médico-Assistencial e da Qualidade, focadas no ambiente de uma instituição prestadora de serviços ligados à saúde.

O curso envolveu uma série de exercícios e estudos de caso, visando análises conjuntas e debates sobre os assuntos abordados. De acordo com Luciana, a ideia foi estimular o entendimento e a reflexão sobre a nova metodologia de forma clara e objetiva, que já está valendo desde julho deste ano. 

“A integração entre os hospitais, que na grande maioria já é certificada, é algo que nos fortalece muito como instituição Pró-Saúde e agregar muito valor a todos. Cada um com suas experiências, pudemos identificar e compartilhar as boas práticas de cada Unidade que podem ser inspirações umas para as outras”, destacou a coordenadora. 

Para o Diretor Geral Hospitalar do HMUE, Itamar Monteiro, receber os colegas de outras unidades Unidades administradas pela Pró-Saúde foi uma oportunidade valiosa para conhecer outras realidades, dividir conhecimentos e levar um pouco dos desafios e sucessos da Unidade. 

“Foi muito bom para que todos juntos possamos compreender e aplicar a nova metodologia de certificação e, a partir deste conhecimento, nos adequar e levar para a prática do dia-a-dia do Hospital as novas diretrizes, voltadas para melhoria contínua dos processos”, ressaltou o gestor. 

 

Hospital Acreditado

Em 2018, o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) se tornou o 1º hospital público de trauma e queimados do Norte com certificação ONA 1 – Acreditado. O selo é conferido a instituições que atendem a critérios de segurança do paciente em toda a atividade hospitalar, englobando aspectos assistenciais e estruturais. 

Para alcançar à ONA 1, a unidade percorreu um longo caminho que envolveu esforços de colaboradores da Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, gestora da unidade, que atuam no HMUE e prestadores de serviços, com mapeamento de processos, riscos da atividade hospitalar, além da adoção da interação de processos entre setores.

 

Unidades certificadas

Além do Hospital Metropolitano, outras cinco unidades públicas de saúde do Pará, gerenciados pela Pró-Saúde, possuem certificações junto à ONA. Os hospitais Público Estadual Galileu (HPEG) e Oncológico Infantil Octávio Lobo receberam, este ano, o certificado ONA 2 – Acreditado Pleno.

Os hospitais regionais Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, e do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, são os únicos Acreditados com Excelência (ONA 3), reconhecimento máximo concedido pela Organização Nacional de Acreditação – ambos também.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of