Hospitais apoiam a Semana Nacional de Trânsito com a promoção de ações do programa “Direção Viva”

Orientar e informar sobre o impacto de acidentes de trânsito e as sequelas oriundas destes casos. Este é o grande objetivo do Programa 'Direção Viva', que até o final deste mês está apoiando e promovendo ações alusivas à Semana Nacional de Trânsito no estado do Pará.

Em parceria com órgãos e instituições que trabalham com o trânsito, o Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, e o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua, realizaram ou vão realizar atividades com o foco na prevenção de acidentes de trânsito. As unidades são gerenciadas pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, por meio de contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

HRPT

Em Altamira, no sudoeste do Pará, o programa ‘Direção Viva’ acompanhou a ação de abertura da Semana Nacional de Trânsito através do Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT). Colaboradoras da unidade que atuam no Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) participaram da ação, que consistiu em uma simulação de acidente de trânsito envolvendo um carro e uma moto, no cruzamento da Avenida Tancredo Neves com a Travessa Pedro Gomes, local de grande fluxo de veículos.

Enquanto a população passava e olhava a simulação, que contou também com o atendimento do Departamento Municipal de Trânsito (DEMUTRAN) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU),o GTH entregava panfletos referentes aos cuidados com a segurança no trânsito, sobretudo com o uso do cinto de segurança dentro dos carros.

“Todos os anos fazemos essa parceria para conscientizar a população da nossa cidade a ser mais prudente, ter mais cautela. Os acidentes, infelizmente, são constantes e muitos destes casos vão para o Hospital Regional. Então, pedimos à população que preze pelo cinto de segurança e ande mais cautelosamente no trânsito, tanto para os condutores quanto para os pedestres, que também são vítimas de acidentes”, destaca Ildijane Silva, membro do Grupo de Trabalho de Humanização do HRPT.

HRSP

Já em Marabá, as ações alusivas à Semana Nacional de Trânsito serão realizadas até o dia 20/9, quando o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP) promoverá sua quinta edição do programa 'Direção Viva'. 

Durante a programação, o neurocirurgião Sandro Cavalcante orientará alunos de uma autoescola sobre os riscos do uso do celular ao volante. Já os usuários ambulatoriais serão alertados sobre as principais consequências dos acidentes.

HMUE

O Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) tem programada uma palestra do ‘Direção Viva’ para o dia 28/9, no Centro de Atenção Psicossocial (Capsi) de Ananindeua. O objetivo será o de orientar sobre cuidados e prudência no trânsito.

Dados de acidentes

Os atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito são uma realidade constante nessas três unidades. Só nos primeiros sete meses deste ano, o Hospital Metropolitano atendeu a 2.134 pacientes vítimas de acidente de trânsito, de janeiro a julho de 2017. Foram 853 vítimas de acidentes de motocicleta, 786 colisões, 399 atropelamentos e 96 acidentes de bicicleta. No mesmo período, o HRPT recebeu 279 pacientes vítimas de acidentes de trânsito.

Já o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP) atendeu 1.657 vítimas de acidentes de trânsito, sendo a maioria envolvendo motocicletas, entre os meses de janeiro e agosto de 2017. 

Direção Viva

O programa '‘Direção Viva’' é um projeto contínuo que ocorre em todas as unidades de saúde públicas no Pará, gerenciadas pela Pró-Saúde. A iniciativa consiste em promover ações de educação em saúde voltadas à conscientização sobre sequelas oriundas de traumas por acidentes de trânsito. O grande objetivo é disseminar a informação sobre o impacto dos acidentes de trânsito na sociedade, além de formar multiplicadores no processo de combate à insegurança no trânsito.

De acordo com o diretor Operacional da Pró-Saúde, Paulo Czrnhak, que coordena as atividades do “Direção Viva” no Pará, a educação para o trânsito é primordial para a redução de acidentes. “Sensibilizar os cidadãos de que a sua atitude consciente no trânsito é a única forma de prevenir acidentes é dever de todos nós. Por isso, nós da Pró-Saúde desenvolvemos esse programa no Pará, para assim, contribuirmos, de forma continua nesta luta que é da sociedade. Apenas assim, as famílias poderão viver com qualidade de vida e segurança”, declarou.