HMIB realiza a 1º roda de conversa com gestante

Sob o tema “Empoderamento, cuidado humanizado e aleitamento materno: uma intervenção educativa no âmbito hospitalar extramuro, o Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (HMIB) realizou a 1ª roda de conversa com gestantes.  

“Essa roda de conversa foi bastante esclarecedora para mim. Eu tive dois filhos de parto normal e nessa gravidez o plano de parto está para cesárea. O medo tomou conta de mim por conta da cirurgia, mas durante a explicação da equipe aqui consegui esclarecer minhas dúvidas”. A afirmação é da gestante Maria Cleia Lobato, à espera das gêmeas Helena e Heloisa. Acompanhada pela sogra, Lucia Farias, a grávida Maria Cleia participou da primeira roda de conversa.  

A gestante veio encaminhada do Hospital Municipal de Barcarena, através da Central de Regulação da Sespa. Ela conta que nunca teve orientação sobre os seus direitos e deveres enquanto gestante. “Essa é a primeira vez que participo de atividades como esta, nunca tinha recebido essas informações. Considero que foi uma experiência ótima”, afirma. 

Além da roda de conversa, as gestantes puderam participar de oficina de pintura, sessão de fotos, visita guiada pela ala PPP – PréParto, Parto e Pós-Parto – e quiz com perguntas e respostas sobre aleitamento materno. O objetivo da programação, criada pela equipe da Unidade, gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, é educar e empoderar a mãe e o acompanhante de sua escolha sobre o que é o pré-parto, parto e pós-parto.

“Essa é uma intervenção educativa antes do parto, antes que os problemas ocorram. Muitas situações podem ser evitadas se tivermos ações preventivas. O maior diferencial é fazer com o que a mulher saiba o que é o cuidado humanizado, o respeito durante aquele momento e a violência obstétrica. Aqui no interior percebe-se que esse conhecimento ainda não chegou para população de maneira geral”, ressalta a palestrante e nutricionista clínica, Wanessa Nobre. 

A diretora assistencial do Materno-Infantil, Milierne Evangelista, assegura a importância de momentos como este. “Pretendemos esclarecer todas as dúvidas, como trabalho de parto, pós-parto, a presença do acompanhante e, dentro disso, o acompanhante de livre escolha é o primeiro contato. Nada melhor do que trabalhamos com conhecimento e desenvolvimento”.

Dentro do projeto, estimula-se o desenvolvimento tanto da gestante quanto do acompanhante. “É importante que, quando eles vierem para maternidade na hora do nascimento, saberem quem vai os acompanhar, quem são os profissionais que vão acolhê-los. Conhecer o ambiente por onde vão passar, possibilidades de parto, as boas práticas e o empoderamento da mulher também é fundamental, porque nós apenas assistimos o parto, quem brilha aqui é a mulher e o bebê”, explica a diretora assistencial.  

As rodas de conversas com gestantes do HMIB são divididas em dois momentos: o primeiro para mães que moram em Barcarena e que podem participar do curso de três módulos. O segundo momento é feito para gestantes que moram em municípios distantes, que não têm disponibilidade para longas viagens. Este último as ações são realizadas sempre que houver consultas ambulatórias durante o pré-natal.