Higiene das mãos é tema de campanha no Oncológico Infantil

Higienizar as mãos pode parecer um ato simples no dia a dia, mas dentro de um hospital é uma ação que pode salvar vidas. Por isso, a equipe do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo iniciou na manhã desta segunda-feira, 27/11, a campanha de higienização das mãos.  

Com músicas e brincadeiras, os usuários e colaboradores foram sensibilizados quanto à importância e a necessidade de higienizar as mãos. “A lavagem das mãos é uma forma de prevenir infecções e garantir a segurança dos pacientes, por isso fazemos a campanha com todos os colaboradores”, explica a enfermeira do Oncológico Infantil, Adrielle Ribeiro.

Esta foi a segunda sensibilização sobre o assunto realizada em 2017. Para esta campanha, a ideia foi transmitir a mensagem de uma forma diferente. Os Enfermágicos, grupo formado por acadêmicos de Enfermagem da Universidade Federal do Pará (UFPA), foi quem apresentou as dicas para uma higienização correta das mãos. “A enfermagem tem muito da educação e nós escolhemos o lúdico que abrange várias artes, para passar a informação”, disse o enfermágico Marcos Trindade.

O trio de palhaços mudou a rotina de colaboradores e principalmente de usuários da unidade gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Maria da Conceição é mãe da paciente Maria Sofia, de três anos e falou sobre a manhã desta segunda-feira. “A gente já vive com o coração tão apertado e uma atividade como essa vem para quebrar a rotina. É importante para as crianças e para nós estamos aqui diariamente”.

Quando devo higienizar as mãos?

Lavar as mãos deve fazer parte da rotina de todos nós, especialmente:

Antes de comer ou manusear alimentos;

Após ter utilizado as instalações sanitárias;

Após assoar o nariz, tossir ou espirrar;

Após tocar animais ou seus dejetos;

Após manusear resíduos (por exemplo, lixo doméstico);

Após usar transportes públicos;

Antes e após tocar doentes ou feridas (cortes, arranhões, queimaduras etc);

Antes e após uma visita a um doente internado (hospital ou outra instituição).

Lembre-se: lavar as mãos é um detalhe que faz toda a diferença, não apenas na sua saúde, mas também na saúde de seus entes queridos e de toda a comunidade.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of