HEUE orienta acompanhantes sobre consumo consciente de água

Consumir só o necessário e reaproveitar o que for possível. Esse foi o principal recado dado aos acompanhantes durante a reunião de acolhimento realizada no Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória (ES). O encontro, que acontece todas às sextas-feiras no auditório do hospital, tem como objetivo transmitir orientações sobre as regras internas da unidade para grupos de familiares e amigos que vão acompanhar pacientes internados. 

O consumo consciente de água foi o tema central da reunião, pois é uma prática que está ao alcance de qualquer pessoa, segundo o consultor da equipe responsável pelo programa “Sustentabilidade na Saúde” implantado no hospital, Rodrigo Henriques.   

Ao grupo de acompanhantes, Henriques afirmou que qualquer forma de desperdício deve ser combatida porque, de alguma maneira, afeta negativamente a vida das pessoas. “Precisamos cuidar dos recursos naturais que temos hoje para que eles não nos faltem amanhã”, disse. 

Ele também falou com ênfase sobre dicas de como as pessoas devem evitar o desperdício de água enquanto estiverem no hospital. “Também abordamos que a prática do uso consciente de água é uma conduta levada a sério no hospital”, afirmou. 

De acordo com o diretor geral, Paulo Santos, a sustentabilidade estará presente em todas as rotinas de trabalho da unidade e, por isso, será um dos principais assuntos das reuniões com acompanhantes do hospital. 

“O consumo consciente de água é uma bandeira que deve ser levantada por toda a comunidade, em qualquer momento. E como o hospital é um ambiente integrado com a população, é importante que mostremos para os usuários e acompanhantes que é possível, sim, evitar o desperdício e que isso é bom para todos”, disse o diretor. 

Ele acrescentou que o Hospital Estadual de Urgência e Emergência possui um Comitê de Sustentabilidade, composto por uma equipe multiprofissional. Esse grupo tem feito reuniões com objetivo de traçar ações de conscientizações para os pacientes, acompanhantes e colaboradores. 

 

Sustentabilidade

Lançado em junho deste ano, o programa “Sustentabilidade na Saúde” busca incorporar ao hospital protocolos reconhecidos a partir da certificação internacional, concedida pela GRI (Global Reporting Initiative). 

A GRI é uma entidade sem-fins lucrativos sediada em Amsterdã, capital da Holanda, que estimula empresas públicas e privadas em todo o mundo a melhorarem seus desempenhos econômicos, sociais e ambientais a partir de protocolos de sustentabilidade. 

No Estado, o Hospital Estadual de Urgência e Emergência será o primeiro entre as unidades públicas de saúde a buscar a certificação sustentável.

 

Humanização  

A reunião de acolhimento faz parte do programa de humanização no atendimento desenvolvido pelo hospital. Durante o encontro, que acontece às sextas-feiras, são tratados assuntos como doação de sangue, alimentação e prática de atividade física. 

Em aproximadamente meia hora, os acompanhantes têm a oportunidade de conhecer e tirar dúvidas sobre a rotina de atendimento realizada no hospital.  

Referência no atendimento de trauma, o Hospital Estadual de Urgência e Emergência é administrado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar desde o dia 18 de dezembro de 2015, por meio de um contrato de gestão firmado com o Governo do Estado do Espírito Santo, via Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), que mantém a unidade. 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of