HEUE desenvolve ações em celebração ao Maio Amarelo

“É importante andar devagar, mesmo que a viagem atrase alguns minutos”. Esse é o conselho de Artur Luiz de Souza Barbosa, 25 anos, internado desde o dia 27 de março no Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), no bairro Forte São João, em Vitória (ES), após ter sofrido um grave acidente de motocicleta, na cidade de Afonso Cláudio, interior do Espírito Santo.

Artur conta que, por todo tempo, se manteve lúcido e orientado. Ele disse que lembra perfeitamente do momento do resgate pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) e de como foi transportado de helicóptero para o hospital.

“Nunca pensei que passaria por isso, mas agradeço a Deus, pois sei que muitas pessoas não têm a mesma oportunidade que tive”, afirmou. 

Com a intenção de chamar a atenção dos pacientes, acompanhantes, visitantes e profissionais, o Hospital Estadual de Urgência e Emergência desenvolve ações educativas para um trânsito mais seguro, em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES). As atividades celebram o movimento Maio Amarelo, que tem como objetivo mobilizar a sociedade, órgãos de governos e empresas na criação de atividades para contribuir na redução do alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

Segundo estimativa da Organização das Nações Unidas (ONU), que sinalizou o período entre 2011 e 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”, a estimativa é que 1,9 milhão de pessoas morram no trânsito em 2020 – seria assim a quinta causa de mortes no mundo.

A partir do dia 1º de maio, a iluminação externa do hospital estará com a cor do movimento. No dia seguinte, 2 de maio, colaboradores do hospital vão percorrer todos os setores com acessórios descontraídos e placas com orientações para um trânsito mais seguro. Na oportunidade, os usuários e profissionais receberão laços que representam a proposta da campanha.

No dia 8 de maio, às 16 horas, no auditório do hospital, acontecerá uma palestra com o tema “Segurança no Trânsito”, desenvolvida pela psicóloga do Detran-ES, Lícia Binda Zamprogno.

Em 9 de maio, às 11h e 18h30, os profissionais do hospital vão realizar uma abordagem nos semáforos próximos à unidade, entregando folhetos educativos e os atores da Organização Não Governamental (ONG) Avalanche farão uma apresentação.

“Todos os dias acompanhamos nos jornais muitas pessoas tendo suas vidas interrompidas no trânsito, algumas por falta de atenção, excesso de imprudência e violação às regras de trânsito. Os colaboradores do hospital abraçaram a causa e mesmo que minimamente queremos fazer a nossa parte”, destacou Nandara Alves Nonato, assitente administrativa da Sustentabilidade, setor responsável pela ação.