Gestores do Hospital Estadual São Lucas participam de treinamento sobre custos

Lideranças do Hospital Estadual São Lucas, em Vitória, participaram do treinamento sobre a Política de Gestão de Custos. A apresentação aconteceu no dia 28 de julho.

Para reforçar a importância do planejamento nas atividades, a psicóloga de Recursos Humanos (RH), Thaisa Carvalho, aplicou um exercício, denominado “como salvar os sobreviventes”. “Essa dinâmica tem a função de avaliar a capacidade de foco, tomada de decisão e trabalho em equipe”, explicou a psicóloga.

Durante o treinamento, a diretora Administrativa e Financeira da instituição, Adriana Morais, afirmou que a atividade despertou a atenção dos colaboradores em relação aos critérios de prioridade, organização, controle e planejamento, tendo estes, relação direta para uma eficaz gestão de custos.

“Administrar o recurso financeiro é de responsabilidade de todos da equipe, pois a perspectiva e econômica e financeira é o pilar na busca da excelência. O permanente acompanhamento de custos permite implantação de medidas corretivas, que visam melhor desempenho das atividades”, afirmou.

Segundo Adriana, desde julho, cada gestor já pode acompanhar relatório com os custos de cada área, por meio de um sistema criado pela equipe do setor de Tecnologia da Informação (TI) do hospital.

“O sistema é uma ferramenta de gestão importantíssima para acompanhamento, análise e melhorias no cumprimento do orçamento e resultado da instituição”, concluiu.

Implantação do sistema de gerenciamento de custos

O sistema de gerenciamento de custos foi implantado em setembro do ano passado. Na fase inicial, o gerente corporativo de Custos da Pró-Saúde, Eduardo Justo, se reuniu individualmente com cada gestor e apurou o custo de cada área. 

Para o diretor geral do hospital, Paulo Santos, o maior benefício com a implantação do sistema de gestão de custos é reforçar a transparência nos serviços realizados dentro do hospital.

“Nosso objetivo é sensibilizar a equipe sobre a importância de utilizar, com eficiência, essa ferramenta de trabalho e, consequentemente, demonstrar para a sociedade a evolução das despesas do hospital”, explicou.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of