Gestão e empoderamento das mulheres são destaque no terceiro dia da Pró-Saúde na Hospitalar Feira+Fórum

A modernização da gestão, o empoderamento das mulheres e a igualdade de gêneros foram temas que dominaram as palestras desta quinta-feira, dia 18/5, no estande da Pró-Saúde, na Hospitalar Feira+Fórum 2017.

Adriana Carvalho, representante da Organização das Nações Unidas (ONU), compartilhou com o público presente a experiência aplicada no Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo (HOIOL), por meio da Pró-Saúde.

A unidade, sediada em Belém (PA), aderiu, ao final da palestra, ao pacto de Princípios de Empoderamento das Mulheres, uma iniciativa das Nações Unidades para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres. O diretor de Desenvolvimento da Pró-Saúde, Danilo Oliveira, e a diretora-geral do Hospital Oncológico Infantil, Alba Muniz, assinaram o compromisso.  Com isso, a entidade agrega ao seu portfólio o reforço a uma prática, defendida pela ONU Mulheres, com campo ainda para avançar.

“O caminho é a conscientização. É um compromisso pautado por diretrizes, mas sem metas. Não há imposições”, afirmou a representante da ONU Mulheres. Na prática, a própria metodologia de desenvolvimento do pacto estimula a identificação de ações que podem equilibrar a relação homens e mulheres, no ambiente hospitalar.

Com o pacto, o Oncológico Infantil passa a ser o primeiro hospital público do País e assumir o compromisso com a ONU Mulheres.

 

Gestão eficiente

Na primeira palestra do dia, o modelo de gestão corporativa da Pró-Saúde, realizado com estruturação e monitoramento contínuo, foi o tema da palestra ministrada pelo gerente de Operações, Paulo Viol.

Foram apresentados os resultados e benefícios para o aspecto econômico e financeiro, bem como, para a saúde do cidadão.

“Nos últimos anos, a Pró-Saúde tem visitado vários parceiros em busca das melhores tecnologias na área de informação e segurança do paciente. A entidade também tem analisado as principais ferramentas para sedimentar o modelo de gestão e, com base nisso, buscar os melhores resultados sob todos os aspectos”, revelou o gerente.

Com as boas práticas adotadas pela gestão, a entidade tem reforçado a necessidade de certificação dos hospitais. Somente no Estado do Pará, a Pró-Saúde obteve certificação concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) para quatro unidades que administra – duas delas aparecem entre os dez hospitais públicos de excelência em ranking divulgado pela revista Exame.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of