Em Altamira, “Direção Viva” orienta colaboradores para evitar acidentes de trajeto

Durante o ano todo, o Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, no sudoeste do Pará, realizou várias ações do programa “Direção Viva: você consciente, trânsito mais seguro” para sensibilizar a comunidade sobre os cuidados com o trânsito, com o objetivo de reduzir os acidentes na região. Desta vez, foi a vez de conscientizar os próprios colaboradores pedestres ou que utilizam carros, motos ou bicicletas para chegar e sair da unidade.

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) do HRPT foi a responsável pela ação, que aconteceu nos dias 14, pela manhã, e 16/11, no fim da tarde e começo da noite. Os membros da comissão se dividiram pelos dois estacionamentos do Hospital para abordar os colaboradores que são condutores de veículos.

Durante a abordagem, a Cipa verificou várias situações, como o estado dos pneus; se os colaboradores utilizavam calçados apropriados para dirigir; se estavam com capacetes ou cintos de segurança; entre outros. Os condutores e pedestres também receberam orientações de boas práticas no trânsito, baseadas no programa “Direção Viva”.

De acordo com o presidente da Cipa, Loghan Marinho, a blitz educativa acontece todos os anos e tem o objetivo de diminuir o índice de acidentes de trajeto, que acontecem no caminho do colaborador da casa para o trabalho, ou do trabalho para a casa.

“É uma ação anual da Cipa que visa principalmente a diminuição dos acidentes de trajeto, já que temos índice alto desse tipo de caso. Aproveitamos o programa “Direção Viva” para passar essas orientações, que foram de grande valia aos colaboradores”, explica o técnico em Segurança do Trabalho.

Direção Viva

O programa ‘‘Direção Viva’’ é um projeto contínuo que ocorre em todas as unidades de saúde públicas no Pará, gerenciadas pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar. A iniciativa consiste em promover ações de educação em saúde voltadas à conscientização sobre sequelas oriundas de traumas por acidentes de trânsito. O grande objetivo é disseminar a informação sobre o impacto dos acidentes de trânsito na sociedade, além de formar multiplicadores – como os colaboradores – no processo de combate à insegurança no trânsito.

De acordo com o diretor Operacional da Pró-Saúde, Paulo Czrnhak, que coordena as atividades do “Direção Viva” no Pará, a educação para o trânsito é primordial para a redução de acidentes. “Sensibilizar os cidadãos de que a sua atitude consciente no trânsito é a única forma de prevenir acidentes é dever de todos nós. Por isso, nós da Pró-Saúde desenvolvemos esse programa no Pará, para assim, contribuirmos, de forma continua nesta luta que é da sociedade. Apenas assim, as famílias poderão viver com qualidade de vida e segurança”, declarou.

O Hospital Regional Público da Transamazônica é administrado pela Pró-Saúde desde a sua inauguração, em 2006, por meio de contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of