‘Direção Viva’ alerta crianças sobre perigos no trânsito

De olhos e ouvidos atentos. Foi assim que as crianças atendidas pelo projeto “Recanto Pastorinho”, em Marabá, ficaram durante um bate-papo sobre segurança no trânsito. A palestra foi conduzida por colaboradores do Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), integrando a programação da campanha “Direção viva: você consciente, trânsito mais seguro!”, encerrada nesta quarta-feira, 30/11. 

A iniciativa tem o objetivo de alertar a população sobre os perigos na direção e as sequelas oriundas de acidentes de trânsito, a partir de histórias de pacientes atendidos nos hospitais públicos do Pará gerenciados pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). 

Para a coordenadora do projeto “Recanto Pastorinho”, Naiane Machado, envolver as crianças na iniciativa é uma estratégia assertiva. “As crianças têm facilidade para aprender o que se ensina a elas e, se aprenderem o que é certo, terão a atitude correta desde agora, porque participam do trânsito também. E na vida adulta continuarão a reproduzir esses ensinamentos, evitando acidentes”, disse Naiane.  

O diretor Geral do HRSP, Valdemir Girato, comenta que, além das crianças, a campanha também envolveu colaboradores e usuários da unidade, a partir de rodas de conversa. “A conscientização de crianças a respeito do assunto é importante porque elas são os futuros condutores e, com informação, certamente vão ajudar a diminuir a taxa de internação de vítimas de acidentes nos hospitais do Pará”, afirma o administrador. 

Segundo ele, nos últimos três anos, das mais de nove mil internações registradas na unidade, mais de cinco mil estão relacionadas a acidentes de trânsito. “O Regional é referência para 22 municípios em uma região onde o uso de motocicleta é predominante. E, estatisticamente, os motoqueiros são a maioria das vítimas internadas no hospital, cerca de 90%”, revela Girato. 

Endreo Costa, de 23 anos, passou mais de um mês internado na Clínica Cirúrgica, unidade que recebe a maioria dos pacientes com traumas oriundos de acidentes de trânsito. Ele elogiou a iniciativa do hospital para sensibilizar a sociedade a respeito do assunto. “Acho muito válida porque a imprudência é a principal causa dos acidentes. Não é fácil parar tudo. A recuperação é muito dolorosa”, afirmou o técnico em Telecomunicações. 

Cuidados em casa

Além de orientar maneiras de prevenir acidentes, durante a campanha “Direção viva: você consciente, trânsito mais seguro!”, o Hospital Regional do Sudeste do Pará também informou sobre cuidados que devem ser tomados com o usuário após a alta hospitalar. Assim, acompanhantes e pacientes tiraram dúvidas sobre reabilitação e alimentação. 

A dona de casa Maria Lindalva Ramos, de 49 anos, que acompanha a internação do filho Wellington, de 21 anos, comentou sobre a palestra. “Para mim foi uma orientação muito boa. E hoje saio sem dúvidas daqui. É bom que eles nos ensinam a conviver com o paciente em casa”, contou a usuária.   

'Direção Viva' alerta crianças sobre perigos no trânsito

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of