Comissões integradas criam teatro itinerante para reforçar ações de biossegurança

Um teatro itinerante percorreu todos os setores do Hospital Municipal Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e da UPA 24h para alertar os 305 colaboradores sobre as boas práticas de biossegurança no ambiente de trabalho.

Protagonizado pelos próprios colaboradores, a peça cênica contou com vários personagens para abordar um assunto sério e foi realizada por meio da interação das CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), Comissão Gestora Multidisciplinar do Plano de Prevenção de Acidentes com Perfurocortante, Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e o Programa de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS).

“Sempre é preciso manter o alerta sobre a necessidade de seguir as normas de proteção contra acidentes com materiais perfurocortantes”, afirmou a técnica de Segurança no Trabalho, Eliane Neves, que preside a CIPA e a Comissão Gestora.

O descarte de resíduos perfurocortantes deve seguir uma rotina específica (algo como um passo a passo). “Há normas para praticamente tudo que é feito em uma unidade de saúde — muitas das quais são determinadas pelo Ministério da Saúde e pela Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária”, explicou Eliane.

“O mesmo acontece com os perfurocortantes, que são as seringas, lâminas de bisturi, pontas de equipo, agulhas entre outros materiais. Há um jeito certo de descartá-los para evitar acidentes”, acrescentou ela.

De uma maneira lúdica e descontraída, o teatro ajudou a reforçar essas normas de biossegurança. “Neste ano, pela primeira vez, decidimos usar uma outra didática para falar de biossegurança, que foi o teatro. Em seguida, também distribuímos um manual de bolso para os colaboradores, que pode ser consultado sempre que houver dúvida. E deu certo”, comentou Eliane.

Uma das personagens do teatro interpretou uma repórter entrevistando os colaboradores. Além do método correto para descarte dos resíduos, ela também perguntou sobre vários assuntos, entre eles mapa de risco, fluxograma de acidentes no trabalho, atos e condições inseguras, equipamentos de proteção individual e vacinas.

Os treinamentos e as palestras sobre biossegurança são frequentes no hospital e na UPA e já estão surtindo efeito. Neste ano, por exemplo, apenas três ocorrências foram registradas pelas comissões internas. O teatro aconteceu nos dias 29 e 30 de julho.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of