Com mais de 14 mil partos e três milhões de consultas, Pró-Saúde encerra gestão do Hospital Municipal Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e da UPA 24h, no Paraná

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar encerrou a gestão de unidades de saúde reconhecidas pela qualidade nos serviços prestados aos usuários. No Paraná, o contrato para a gestão do Hospital Municipal Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e da UPA 24h Pinhais, mantido desde 2009 com a Prefeitura de Pinhais, terminou no dia 31 de dezembro, e o gerenciamento das unidades foi encerrado às 7h do dia 1º de janeiro, após o término do plantão.

Nos últimos nove anos, foram mais de 14 mil partos realizados na maternidade da Unidade – que é referência estadual em qualidade de atendimento – e quase três milhões de consultas no Pronto-Atendimento, além de certificações, prêmio e reconhecimentos.

“Trata-se, hoje, de uma maternidade pública referência no Estado do Paraná. São prêmios que validam o nosso compromisso com a qualidade do atendimento e, sobretudo, com a segurança do paciente. Estamos entregando um hospital com alto desempenho alcançado por nossa gestão nos últimos nove anos”, destacou o diretor Hospitalar, Bruno César Zanata.

O Hospital possui 19 prêmios (confira lista abaixo), entres eles, o Prêmio Paranaense de Qualidade em Gestão (2017), certificado pelo Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBPQ), o selo Hospital Amigo da Criança (2017, 2013 e 2012) concedido pela Unicef, e o certificado do programa Green Kitchen (2017, 2012).

A Pró-Saúde passou a administrar integralmente as unidades, por meio de um contrato de gestão com a Prefeitura de Pinhais, em 10 de dezembro de 2009. Nos 11 primeiros meses de 2018, a maternidade do hospital realizou 1.670 partos, sendo 1.124 deles partos normais, além de 11,5 mil consultas ambulatoriais. Foram 13,8 mil pacientes atendidos e, na UPA 24h, mais 301.341 consultas no mesmo período.

 

“A administração por instituições especializadas em gestão hospitalar proporciona a qualidade de atendimento em todos os níveis. No caso de Pinhais, por exemplo, sempre buscamos as acreditações e premiações que certificassem a excelência no atendimento. E isso foi construído com cada colaborador que passou pelas unidades nesses anos”, ressaltou, pontuando, ainda, os benefícios deste modelo de gestão traz impactos financeiros para a administração pública – já que é possível gerenciar o custo de funcionamento da unidade de forma mais sustentável.

 

Início da gestão

Em 2009, o Hospital Nossa Senhora da Luz dos Pinhais estava fechado e foi reaberto em abril do ano seguinte. Em apenas um ano, a unidade atendeu 7,8 mil pacientes e registrou 805 partos. No primeiro ano de atividade, a unidade também realizou 5.926 consultas ambulatoriais. Já a UPA 24h realizou 141.983 consultas nos primeiros 12 meses. O atendimento foi ampliado significativamente ao longo dos anos de administração.

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of