Com exames, entrega de laços e fachada iluminada, Hospital Regional de Altamira adere ao Outubro Rosa

Na tarde desta terça-feira, 17/10, a cozinheira Rítina Maria e a copeira Joscinéia Fernandes pararam um pouco suas atividades no Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, no sudoeste do Pará, e passaram por uma avaliação de saúde ocupacional oferecida pela própria unidade.

Em alusão à campanha Outubro Rosa, que trabalha a prevenção e o combate ao câncer de mama, o HRPT convidou as colaboradoras com 40 anos ou mais, ou com casos de câncer de mama ou ovário na família, a participarem desta avaliação, que envolve exames de mamografia e ultrassom da mama. A iniciativa foi aprovada pelas colaboradoras.

“Para mim é muito importante porque há quatro anos eu faço este acompanhamento. Descobri que tenho um nódulo, mas que graças a Deus ele não evoluiu. Então toda campanha eu venho e faço. É algo que só beneficia a nossa saúde”, conta a colaboradora Rítina Maria.

“Eu acho bonita a iniciativa de se fazer essa campanha com todas as colaboradoras. E isso não acaba aqui, porque o que a gente aprende passa para nossos amigos, família, quem está perto. Então a gente acaba ajudando na conscientização”, destaca Joscinéia Fernandes.

As avaliações começaram no início de outubro e seguem até o fim do mês, em um cronograma montado pela unidade. Após os exames, se houver necessidade, as colaboradoras podem ser encaminhadas à Mastologia.

Mais exames em outubro

Além dos exames para as colaboradoras, outro ponto positivo da campanha foi a ampliação no número de exames de mamografia realizados em outubro, para a comunidade.  A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, entidade gestora do HRPT por meio de contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), aumentou a oferta do exame no mês do Outubro Rosa.

São 110 exames mensais, de acordo com o contrato entre as partes. Neste mês, a Pró-Saúde oferta mais 220 mamografias, assumindo os custos para incentivar a prevenção e o combate ao câncer de mama, totalizando assim 330 exames que o Governo do Pará distribui a pacientes dos nove municípios que fazem parte da Região de Integração do Xingu – Altamira, Anapu, Brasil Novo, Medicilândia, Pacajá, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Uruará e Vitória do Xingu.

“O Hospital adere 100 % a essa campanha tão importante, até porque 90% das nossas colaboradoras são mulheres, então a gente precisa contribuir com a saúde delas. Durante este mês, estamos realizando mais exames de mamografia, além do que fazemos mensalmente, para que possamos atender um número maior de mulheres”, afirma o diretor-geral do Hospital Regional Público da Transamazônica, Edson Primo.

Outras ações

O Hospital Regional também realiza outras ações alusivas ao Outubro Rosa. Desde o primeiro dia do mês, a fachada da unidade está iluminada na cor rosa durante a noite, para mostrar à comunidade que o HRPT aderiu à campanha.

Outra atividade importante foi a entrega dos laços rosas a todos os colaboradores. O Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) da unidade passou por todos os setores distribuindo laços rosa aos funcionários, que prontamente fixaram o presente nos uniformes, para mostrar apoio ao Outubro Rosa.

“Nosso objetivo foi conscientizar os colaboradores sobre a importância da realização do autoexame e propor uma reflexão sobre o assunto”, explica a colaboradora Mayara Santos, que faz parte do GTH.

O câncer de mama é o segundo mais comum entre as mulheres e também pode acometer homens – em uma escala bem menor. Segundo dados do Ministério da Saúde, estima-se que entre 2016 e 2017, 57, 9 mil casos novos da doença tenham se confirmado no Brasil.