Com 90% de aprovação, Pronto-Socorro Engenho Novo fez mais de 140 mil atendimentos em 2017

Uma das mais importantes unidades de urgência e emergência de Barueri (SP), localizada em uma região populosa do município, o Pronto-Socorro Engenho Novo realizou, no ano passado, 149.436 atendimentos.

Essa quantidade equivale a uma média diária superior a 400 atendimentos aos pacientes que foram à unidade em busca de serviços de saúde.

Os atendimentos foram realizados nas especialidades de clínica médica, pediatria, ortopedia e odontologia, além de enfermagem e assistência social.

“Durante o ano, o Pronto-Socorro registrou uma média de 90% de aprovação dos serviços pelos usuários. Sendo que, em dezembro, esse índice de satisfação alcançou 94%”, afirmou o diretor-geral da unidade, Vagner Verussi.

Ele citou, ainda, um conjunto de melhorias que contribuiu para melhorar a assistência ao paciente.

“Foi um ano bastante positivo, pois o Pronto-Socorro alcançou 98% de assertividade no protocolo de classificação de risco, que é a triagem feita pela Enfermagem para determinar a gravidade do quadro clínico do paciente e a prioridade de atendimento”, comentou o diretor-geral.

Em 2017, a unidade concluiu a programação de implantação dos protocolos clínicos e promoveu o ciclo de análise crítica dos indicadores estratégicos. “Este é um trabalho diretamente relacionado à melhoria do atendimento ao paciente, especialmente quando se trata de urgência e emergência”, observou Vagner.

A ambientação do espaço interno do Pronto-Socorro também passou por melhorias. “Instalamos divisórias em todos os leitos, permitindo mais privacidade ao paciente. Os leitos ganharam chamadas de beira leito, que melhoraram a comunicação com a equipe de assistência”, explicou.

O Pronto-Socorro padronizou toda a comunicação visual do espaço interno, permitindo que o usuário identifique melhor os setores da unidade.

A eficiência dos serviços prestados foi outro ponto de avanço. O Pronto-Socorro alcançou o índice de 71% de conformidade na avaliação feita pelo RAG (Requisito de Apoio à Gestão), uma ferramenta interna da Pró-Saúde que avalia a infraestrutura e a eficiência dos processos.

Mantido pela Prefeitura de Barueri, o Pronto-Socorro Engenho Novo é administrado pela Pró-Saúde, uma das maiores entidades filantrópicas do pais, por meio de um contrato de gestão com a Secretaria Municipal de Saúde.

“A análise feita pelo RAG é muito criteriosa e está alinhada com as práticas mais modernas de gestão. Esse percentual de 71% mostra que os protocolos de atendimento do Pronto-Socorro estão em conformidade com as boas práticas de segurança na assistência dedicada ao paciente”, finalizou Vagner. 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of