Cerca de 100 voluntários estiveram na 2º Campanha de Doação de Sangue do Oncológico Infantil

Na última quinta-feira, 29/09, 106 voluntários compareceram ao Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém (PA), para a 2° Campanha de Doação de Sangue promovida pela unidade. Entre eles, 64 efetivaram a doação de sangue e 26 realizaram o cadastro junto ao Registro Nacional Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME). A programação fez parte da Campanha “Setembro Dourado”, promovida pelo hospital, com o objetivo de conscientizar e sensibilizar a população quanto a importância do diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil, bem como, demonstrar a importância do ato solidário de doar sangue.

Segundo a diretora Geral da unidade, Alba Muniz, a transfusão de sangue faz parte do tratamento das crianças com doenças oncológicas. “Mensalmente o hospital já está realizando mais de 600 transfusões sanguíneas, o que demonstra o quanto nossas crianças necessitam do gesto solidário, que é a doação. Quando você doa sangue, você ajuda a salvar vidas e permite que essas crianças tenham mais qualidade no tratamento”, relata.

Durante a ação, acompanhantes e familiares também participaram da campanha, como foi o caso da mãe da jovem B.H., de 16 anos, que realiza tratamento no hospital desde o mês de julho. “Minha filha ainda não precisou receber sangue, e de acordo com a médica, o caso dela também não necessita de transplante de médula, porém agora que estamos vivendo a dificuldade de enfrentar a doença, não medirei esforços para ajudar de todas as formas, as crianças que neste hospital realizam tratamento, até porque eu não sei o dia de amanhã, mas sei bem o quanto é doloroso ver nossos filhos em situações críticas de saúde”, relata dona Vanessa Monteiro, que na oportunidade fez o cadastro de medula óssea.

A campanha ocorreu em parceria com a Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (HEMOPA), que viabilizou a logística das coletas dentro da unidade, proporcionando mais comodidade aos doadores voluntários. Àqueles que não conseguiram doar, ou que tem interesse em doar em nome do Hospital Oncológico Infantil, podem procurar o Hemopa, de segunda a sábado, e informar o nome do hospital e o código 1766.

Doação

Para doar sangue a pessoa deve ter boa saúde, estar bem alimentado, ter peso igual ou superior a 50kg; ter idade entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos necessitam de autorização dos pais ou responsáveis); não ter tido hepatite após 10 anos de idade; não ter doença de Chagas ou contato com o inseto “barbeiro”; não ser portador de epilepsia; não ter feito tratamento dentário nas últimas 72 horas; não ter diabetes; no caso dos homens não ter doado sangue em menos de 60 dias e mulheres, em menos de 90 dias; estar fora do período gestacional.

Para que a doação seja efetivada, deve ser apresentado documento de identidade original e com foto (RG, Carteira Profissional, Certificado de Reservista, Carteira de Motorista ou Carteiras de Conselhos de Classe).

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of