Aplicação de melhorias no HCO intensifica a segurança hospitalar para equipe assistencial

Os ferimentos com agulhas e material perfurocortante, em geral, são considerados extremamente perigosos por serem potencialmente capazes de transmitir diversas doenças, como os vírus da Imunodeficiência Humana (HIV), hepatites, entre outros. Por este motivo, evitar a exposição ocupacional é o principal caminho para prevenir a transmissão destas doenças e o Hospital 5 de Outubro (HCO), em Canaã dos Carajás (PA), gerido pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, tomou a iniciativa para implantar um suporte para a caixa de perfurocortante nos carrinhos de medicação da Unidade.

O técnico de Segurança do Trabalho do Hospital, Jairo Castro, explicou que o processo de melhorias decorreu de uma vistoria realizada pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT). “A ideia foi muito boa, pois além de promover a melhoria no processo de descarte, promoveu ao colaborador da área assistencial do HCO maior segurança e confiabilidade no desenvolvimento de suas atividades”, disse.

Para a técnica de Enfermagem, Francineide Sousa, a adequação do carrinho só traz benefícios. “A instalação do suporte móvel para caixa de perfurocortante foi muito bom, pois melhorou o descarte dos objetos e o nível de segurança”, comentou a profissional.

Sobre o HCO

O Hospital 5 de Outubro foi fundado pela empresa Vale e projetado para apoiar as operações da Mina Sossego e a implantação do projeto S11D. A unidade hospitalar possui estrutura de pequeno porte, com capacidade para atender casos de até média complexidade e congrega ambulatório para consultas eletivas, Pronto Atendimento 24 horas, instalações de internação com enfermarias e apartamentos individuais e suporte diagnóstico em: laboratório de patologia clínica, Ultrassonografia, Mamografia, Radiologia, Eletrocardiograma, entre outros, e atendimento clínico nas especialidades de Clínica Médica, Cardiologia, Oftalmologia, Pediatria, Cirurgia Geral, Fonoaudiologia, Ginecologia/Obstetrícia, Ortopedia, Urologia, Psicologia e Nutrição.

O Hospital 5 de Outubro possui 22 leitos, sendo seis apartamentos individuais e 16 leitos de enfermaria coletiva. A unidade possui, também, um centro cirúrgico com duas salas de cirurgias e quatro leitos de recuperação pós-anestésicos.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of