Ação do Bem ‘HEGV nas Escolas’ realiza palestras para alunos da comunidade da Penha

O Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV), promoveu a Ação do Bem “HEGV nas Escolas”, nesta segunda-feira, dia 11/09, como parte da celebração dos 50 anos da Pró-Saúde. Colaboradores visitaram o Colégio Meira Lima, que fica próximo ao hospital, no bairro da Penha, no Rio de Janeiro.

Na primeira etapa deste projeto, foram ministradas duas palestras, uma no período da manhã e outra à tarde, com o tema “Drogas e Álcool”, para alunos de 12 a 18 anos. A psicóloga do HEGV, Juliana Castro, e o assistente social, Rodrigo Oliveira, falaram sobre os tipos de drogas e os efeitos no organismo, como por exemplo, a perda de noção do tempo e espaço e danos no organismo que podem atingir o sistema nervoso central, coração, fígado, pulmões ou cérebro.

Os profissionais da saúde destacaram que, principalmente no final de semana, menores de idade costumam dar entrada em hospitais de grande emergência após o consumo de álcool e drogas. “Sabemos que, atualmente, o acesso a essas substâncias é algo muito fácil, mas o jovem precisa ser informado que, ao experimentar uma droga, ele pode se transformar em um dependente químico, o que resultará em problemas de saúde e transtornos sociais”, alertou o assistente social Rodrigo Oliveira. Segundo a psicóloga Juliana Castro, é comum que o usuário de álcool e de outras drogas, acabe indo morar nas ruas por causa do vício. “O familiar, muitas vezes, não consegue conviver com o dependente químico, que ao mesmo tempo, sente que não faz mais parte daquela família”, destacou.

O projeto “HEGV nas Escolas” busca, justamente, promover essa reflexão, abordando o tema de maneira clara, promovendo a interação dos alunos com perguntas e até mesmo com depoimentos, como foi o caso de uma aluna do 7º ano do Ensino Fundamental, de 12 anos, que emocionada, contou que a avó conseguiu largar o cigarro após fumar por 20 anos seguidos.

“Depois dessa palestra, a gente pode chegar em casa com mais conhecimento e conversar com nossos familiares. Quem sabe, outra pessoa decida procurar ajuda e também abandone o vício.  O nome já diz, né? É uma droga! Faz mal para a pessoa que usa e para todos aqueles que a amam”, disse a adolescente.

Para a coordenadora do Colégio Meira Lima, Virginia Maria Veloso Vieira, ações como essa são fundamentais para a interação entre a escola e os alunos. “É muito importante levar essas informações para os jovens, pois o aprendizado na escola, não pode ser apenas dentro da sala de aula. Muitas vezes, é a instituição de ensino que detecta os problemas na família, como por exemplo, o alcoolismo. É essencial que a escola interaja com a família e a comunidade”, afirmou.

            No final da palestra, os colaboradores do HEGV orientaram os alunos sobre os locais onde um usuário de drogas ou álcool pode procurar ajuda. Uma opção é o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), da Prefeitura do Rio de Janeiro. Estas unidades oferecem um atendimento interdisciplinar, composto por uma equipe multiprofissional que reúne médicos, assistentes sociais, psicólogos, psiquiatras, entre outros especialistas. O serviço é diferenciado para o público infanto-juvenil, até os 17 anos de idade, por meio do CAPSi, e para pessoas em uso prejudicial de álcool e outras drogas pelo CAPSad.

Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) revelam que as drogas matam 200 mil pessoas por ano. No Brasil, de acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), divulgada em 2016 pelo IBGE, o percentual de jovens que já experimentaram bebidas alcoólicas subiu de 50,3%, em 2012, para 55,5% em 2015. Já a taxa dos que usaram drogas ilícitas aumentou de 7,3% para 9% no mesmo período.

O HEGV quer expandir o projeto “HEGV nas Escolas” para outras instituições de ensino da região, além da abordagem de outros temas, entre eles “Primeiros Socorros”. O objetivo levar informação, estreitar, ainda mais, o relacionamento com a comunidade, promovendo palestras em várias escolas próximos ao hospital e permitindo uma troca de experiências entre colaboradores e alunos.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of