Portal Fator Brasil Online - Hospital Regional de Santarém Recebe Certificação de Excelência | Pró-Saúde
Voltar para home
Imprensa

Na Mídia

Portal Fator Brasil Online - Hospital Regional de Santarém Recebe Certificação de Excelência

 

A Secretaria de Estado de Saúde (SESPA) e a Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar anunciaram no dia 16 de abril(quinta-feira), em Santarém (PA), a certificação do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA) pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), instituição privada especializada em auditoria de serviços de saúde, no mais alto nível de certificação concedido no país, a ONA III - Acreditado com Excelência.

Com essa certificação, o HRBA passa a integrar um seleto grupo de hospitais de todo o país com serviços de alta qualidade no atendimento à população. Pertencente ao Governo do Estado do Pará e administrado pela Pró-Saúde, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o hospital passou por rigorosa auditoria da ONA e o conceito de Excelência em Gestão resultou de cinco anos de avaliação da instituição nacional especializada na administração de serviços de saúde. Os auditores reconheceram a cultura organizacional de melhoria contínua da gestão do HRBA, constatando a maturidade da instituição, a segurança do paciente e alta resolutividade médica.

Excelência—Para alcançar a Acreditação com Excelência, o hospital passou por uma crescente evolução, desde 2008, quando a Organização Social de Saúde (OSS) Pró-Saúde assumiu, em maio daquele ano, a administração, implantando um modelo de gestão conforme os padrões internacionais reconhecidos pelo Ministério da Saúde,

Atualmente, apenas 1,2 % dos hospitais do SUS e privados do país podem ostentar essa certificação. Nenhum outro hospital público tem esse reconhecimento na Região Norte.

Hospital referência em oncologia, traumatologia, cirurgia de alta complexidade, hemodiálise, dentre outras, o HRBA cobre uma região de 20 municípios com população de mais de um milhão de pessoas. É credenciado pelo Ministério da Saúde para fazer captação de órgãos para doação e está certificado pelo Ministério da Educação como Hospital de Ensino e Pesquisa - o primeiro do interior da Amazônia.

A concessão da certificação máxima da ONA é o coroamento de uma política pública de alta qualidade em saúde, que criou uma rede de hospitais de alta e média complexidades, em meados de 2006, para descentralizar os serviços especializados e reduzir o impacto às demandas na rede da capital e qualificar a rede de saúde do interior do Pará com serviços de alta qualidade.

Fazem parte dessa rede 11 hospitais, sendo administrados pela Pró-Saúde cinco unidades: Metropolitano (Ananindeua); Galileu (Belém); Hospital Regional do Baixo Amazonas - HRBA (Santarém); Hospital Regional do Sudeste do Pará -- HRBA (Marabá) e Hospital Público Estadual da Transamazônica - HPT (Altamira). O Metropolitano e o Galieu são outros hospitais que estão desenvolvendo um programa de qualidade visando à certificação ONA Nível I.

Desempenho— O HRBA é um hospital público especializado em traumato-ortopedia, alta complexidade em nefrologia, terapia nutricional, oncologia e terapia intensiva e está se preparando para a habilitação em neurocirurgia. Atua em 30 especialidades médicas; possui 128 leitos de enfermaria; sete UTIs para adulto; sete UTIs Neonatal; sete UTIs Pediátricas. Os números do desempenho do hospital, ano passado, foram grandiosos: 4,8 mil pacientes internados; 4,2 mil cirurgias (incluindo oncológicas); 53,5 mil consultas ambulatórias; 341,5 mil exames laboratoriais; 529 mil exames diversos e 22,3 mil sessões de hemodiálise.

O serviço de oncologia do HRBA é uma das maiores conquistas da saúde pública do oeste do Pará. Em seis anos, milhares de pessoas residentes na região e também em Estados vizinhos ao Pará já foram atendidas em Santarém com acompanhamento ambulatorial, cirurgias, sessões de quimioterapia, radioterapia e também com ações sociais e preventivas. Ilustram o histórico, dados da quimioterapia: as sessões evoluíram de 592 no primeiro ano de funcionamento do serviço para mais de sete mil sessões em 2014. As consultas ambulatoriais especializadas saíram de pouco mais de 780 atendimentos em 2008 para mais de 13.500 em 2014. As cirurgias passaram de 185 em 2011 para mais de 900 em 2014. Atende em média 1.300 pacientes por mês. O empenho nessa área contribui para reduzir o tempo de espera dos pacientes (por lei, o máximo é 60 dias). Em Santarém, o HRBA vem conseguindo atender à legislação para o tratamento do câncer. Só em 2014 foram feitas 2,6 mil consultas de radioterapia, 10,9 mil consultas oncológicas; 23,34 mil sessões de radioterapia e 900 cirurgias oncológicas.

Relação com a comunidade—A atuação junto à Comunidade é uma estratégia de prevenção e diagnóstico precoce. Os especialistas do hospital (mastologistas, urologistas, oncologistas clínicos, hematologistas e cirurgião oncológico, além de enfermeiros oncológicos e técnicos em enfermagem) se revezam em campanhas sucessivas dentro e fora do hospital. Já visitaram as seguintes comunidades e bairros de Santarém, além de localidades do interior: Mapiri, Liberdade, Diamantino, Perema, Alter do Chão, Boa Esperança, São Miguel das Missões, essa última distante cinco horas de barco do centro de Santarém.

Organização Nacional de Acreditação— A ONA é uma instituição civil independente que congrega várias instituições de pesquisa e auditoria de serviços de saúde, que segue protocolos internacionais do setor de auditoria e certificação médico-hospitalar.

Apenas Instituições Acreditadoras Credenciadas - IACs podem realizar avaliações pela metodologia do Sistema Brasileiro de Acreditação - ONA.

A ONA foi criada por várias instituições de renome no campo da saúde nacional (Associação Brasileira de Medicina de Grupo - Abramge, Confederação Nacional de Saúde (CNS), Federação Nacional de Saúde Suplementar (Fenasaúde), Federação Brasileira de Hospitais (FBH), União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde - Unidas). Fazem parte do Conselho de Administração da ONA, entidades associadas que têm afinidade com os princípios, ideais e finalidades visando processos de acreditação.

Conquistas nacionais—Além da Certificação ONA Nível III, o Hospital Regional do Baixo Amazonas vem obtendo reconhecimento nacional pela assistência segura e de qualidade que vem sendo desenvolvida em prol da população do Estado do Pará. Em 2014, certificações e prêmios importantes foram conquistados, dentre os principais destacam-se:. Certificação de Hospital de Ensino e Pesquisa, reconhecido pelos Ministérios da Saúde e Educação, sendo o único a obter tal título em toda Região Norte do País localizado fora de uma capital.

Prêmio de Melhor Projeto de Gestão em Saúde, concedido pela Federação Brasileira de Administradores Hospitalares.

<< voltar