Coren - Hospital Estadual de Urgência conclui implantação de protocolos de segurança do paciente | Pró-Saúde
Voltar para home
Imprensa

Na Mídia

Coren - Hospital Estadual de Urgência conclui implantação de protocolos de segurança do paciente

 

 

O Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória (ES), finalizou a implantação dos protocolos de segurança do paciente. A última etapa abordou as rotinas de Segurança na Prescrição, Uso Seguro e Administração de Medicamentos. O objetivo é assegurar práticas seguras no uso de remédios no hospital em todas as etapas que envolvem o processo de medicação.

A enfermeira do Núcleo de Educação Permanente (NEP), Flávia Lyrio, explica que a aplicação do Protocolo de Medicação Segura envolve no mínimo três áreas assistências: Medicina, Enfermagem e Farmácia. “É preciso seguir um roteiro de atendimento, que vai desde à prescrição médica, passando pela entrega do medicamento pela Farmácia e administração do medicamento pela equipe da Enfermagem’’, afirmou Flávia.

Em um dos itens do protocolo, por exemplo, os profissionais da assistência foram orientados a identificar os pacientes que possuem uma pulseira vermelha, quando o paciente é alérgico. “Além da pulseira branca de identificação, os pacientes alérgicos possuem uma pulseira vermelha como medida complementar de precaução, atendendo ao Protocolo de Medicação Segura’’, acrescenta a enfermeira.

O diretor assistencial, Rosialdo Lobato, observa que o Protocolo de Medicação Segura faz parte de diversas ações desenvolvidas no Hospital Estadual de Urgência e Emergência para garantir à segurança do paciente. “A implantação dos protocolos tem a função de tornar o trabalho mais eficaz e seguro’’, explica.

Além do Protocolo de Medicação Segura, foram implantados o Protocolo de Identificação Segura de Paciente, Segurança na Comunicação entre Profissionais de Saúde, ambos no mês de março, e Prevenção de Úlcera por Pressão (UPP), no mês de abril.

<< voltar