Rio Verde Agora - Sipat do Hurso termina com grande adesão de colaboradores | Pró-Saúde
Voltar para home
Imprensa

Na Mídia

Rio Verde Agora - Sipat do Hurso termina com grande adesão de colaboradores

 

 

A 4ª edição da Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT) do Hospital de Urgências da Região Sudoeste (Hurso), em Santa Helena de Goiás (GP), foi finalizada com público acima da média. “A comissão organizadora traçou uma meta de 70 participantes por evento, e a média final ficou acima disso”, explicou o engenheiro do Trabalho Muriel Peter, que também faz parte da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). A SIPAT aconteceu entre os dias 26 e 28 de abril e teve como temática a “Saúde Física e Mental do Profissional - Trabalhar com mente aberta é saúde na certa!”

Para a presidente da CIPA, a fisioterapeuta Veridiane Freitas, um dos motivos foi a grande aceitação em relação ao tema proposto. “Foram mais de três meses de trabalho envolvendo toda a CIPA e o SESMT. No início, imaginamos que o tema escolhido não seria bem visto, porém acho que as formas de abordagem utilizadas pelos palestrantes, bem como o tema de cada palestra se encaixou perfeitamente na nossa rotina”, afirmou. O engenheiro do Trabalho Muriel ainda acrescentou que, em relação à qualidade do evento, de uma maneira geral, tecnicamente os profissionais que fizeram as apresentações atingiram as perspectivas, levando as informações ao público alvo, que são os colaboradores, de uma maneira didática e prática. “Ao conversarmos com nossos colegas concluímos que no geral a ideia central do evento foi assimilada”, justificou.

O objetivo do evento era conscientizar os colaboradores sobre a importância de cuidar da mente, das emoções, haja vista que se não estiverem bem emocionalmente, terá uma maior possibilidade de sofrer acidentes de trabalho, seja típico (no ambiente de trabalho) ou atípico (durante o trajeto de casa para o trabalho ou vice-versa). Por isso, a CIPA e o SESMT criaram um programa de atividades sobre o estresse e a violência no trânsito, além de outras palestras que trataram de questões emocionais. “Tentamos conscientizá-los com essa SIPAT que transtorno mental não é uma doença mental, mas pode vir a causar o adoecimento da mente e pode ser causado por fatores genéticos, orgânicos, psicológicos, ambientais, sociais e culturais”, descreveu Muriel.

A Banda Escolar Musical encerrou o evento e foi homenageada com um brinde entregue ao maestro Gilmar Itacarambi em agradecimento pela disponibilidade e parceria constante com o Hospital.

A fisioterapeuta Veridiane Freitas concluiu que a importância da SIPAT no cotidiano é trabalhar com a prevenção através de informações e orientações. O engenheiro do Trabalho Muriel adiantou que já teve início a preparação da próxima eleição da CIPA gestão 2016/2017. “A ideia do SESMT é sempre inovar para que a SIPAT continue sendo um sucesso em termos de qualidade e de público. Ao iniciar a próxima gestão, inicialmente vamos sentir o perfil dos cipeiros e levar algumas ideias que temos em mente, como por exemplo, avaliar o ambiente de trabalho de cada unidade mapeando-os, e se em um determinado local estiver ocorrendo mais acidentes com material perfurocortante, realizar um evento de forma pontual conscientizando os colaboradores sobre o tema para que possamos chegar ao nosso objetivo final que é prevenir acidentes e promover a saúde e bem-estar do colaborador”, explicou.

<< voltar