O Impacto - Crianças se divertem no 1 º grito de carnaval do Hospital Regional | Pró-Saúde
Voltar para home
Imprensa

Na Mídia

O Impacto - Crianças se divertem no 1 º grito de carnaval do Hospital Regional

 

 

A cena não é comum para um hospital, mas a iniciativa de promover um bailinho de carnaval dentro do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), localizado em Santarém (PA), agradou e contagiou as dez crianças que estão internadas na Clínica Pediátrica. Ao lado dos seus acompanhantes e da equipe multiprofissional da unidade, os pequenos pacientes participaram ativamente da festa e demonstraram muita descontração. Com o sucesso desta primeira edição, o evento vai se repetir nos próximos anos.

O 1º Grito de Carnaval do HRBA buscou proporcionar momentos de alegria e cultura às crianças internadas no hospital, em especial as que moram na unidade. Segundo a diretora de Enfermagem da instituição, Daniella Mengon, o resultado foi bastante positivo. “São nesses momentos que trazemos um pouquinho do mundo lá de fora para as crianças aqui dentro. Isso faz com que renovem a energia e conciliem com o tratamento, o que pode refletir na melhora do quadro clínico delas”, conta.

O bailinho aconteceu na última sexta-feira, 05/02. Durante uma hora as crianças puderam se divertir ao som de marchinhas carnavalescas cantadas e tocadas pelo grupo Fissura. Todo mundo se divertiu, até a pequena Jaqueline Vieira, que vai completar dois anos de idade, e está em tratamento contra a leucemia. O pai da menina, Hudson, não escondeu a satisfação. “Isso é muito bom porque incentiva a criança a não se sentir presa e nem desamparada. Ela se sente como se estivesse dentro de casa. Eu agradeço muito a Deus pela ajuda de todos que têm tratado a minha filha com o maior carinho, o maior apoio. Só tenho a agradecer porque a minha filha está alegre, sorrindo”, diz.

A terapeuta ocupacional da unidade, Tereza Tavares, explica que uma pessoa feliz responde clinicamente melhor e fica mais disposta ao tratamento. “Elas estão aqui dentro e, às vezes, não têm a oportunidade de estar curtindo e aproveitando o Carnaval de uma maneira protegida, divertida e alegre. Esse foi um momento em que a gente trouxe e resgatou a cultura das pessoas. O resultado foi maravilhoso!”, comemora.

 

O hospital

O HRBA é uma unidade hospitalar pública e gratuita, pertencente ao Governo do Pará e administrada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (SESPA) e se caracteriza por sempre buscar oferecer um tratamento de qualidade e humanizado ao paciente.

O diretor geral Hebert Moreschi fala que envolver o paciente em todos os seus aspectos é fundamental para o sucesso do tratamento. “O fator humano, o acolhimento é sempre importantíssimo nesse processo. O hospital não deve ser sinônimo de tristeza, tem que ser sinônimo de saúde, de alegria, de interação, de pessoas cuidando de pessoas e se preocupando com pessoas. ” Para ele, o evento vai marcar a vida dessas crianças de uma forma muito positiva e, por isso, terá continuidade nos outros anos. “Foi um momento muito alegre, muito festivo, para todas as nossas crianças internadas no hospital e com certeza nós teremos mais bailes de carnaval nos próximos anos”, finaliza.

<< voltar