Agência Pará - Hospital Regional da Transamazônica ultrapassa 300 mil atendimentos em 2015 | Pró-Saúde
Voltar para home
Imprensa

Na Mídia

Agência Pará - Hospital Regional da Transamazônica ultrapassa 300 mil atendimentos em 2015

 

 

O Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), localizado em Altamira, município da Região de Integração do Xingu, registrou em 2015 um aumento no número de procedimentos em relação a 2014. Foram realizados 307.518 mil atendimentos no ano passado, um crescimento de 8% em relação ao ano anterior, quando foram contabilizados 283.916 mil procedimentos oferecidos a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Referência para nove municípios na região da Transamazônica e Xingu, em 2015 o HRPT realizou 25.969 consultas, 264.177 exames e 2.837 cirurgias, entre outros procedimentos oferecidos em 20 especialidades disponíveis, entre as quais mastologia, endocrinologia, nefrologia, neurocirurgia, cirurgia pediátrica e oncologia. O Hospital Regional também realiza exames de alta complexidade, como ressonância magnética e tomografia, além de hemodiálise e atendimento odontológico.

Para garantir comodidade a pacientes que residem em outros municípios, o HRPT fornece o resultado dos exames no mesmo dia, evitando vários deslocamentos até Altamira. “Temos buscado estabelecer uma relação de confiança com nosso usuário. A nossa unidade é comprometida com a sociedade, em especial com nossos pacientes, familiares e colaboradores. A nossa intenção é poder contribuir para a promoção de uma saúde de qualidade”, afirma o diretor geral da instituição, Edson Primo.

Aprovação – A maioria dos usuários aprova o atendimento oferecido e recomenda o hospital para outras pessoas. A doméstica Maria José Gomes Ferreira contou que seu marido foi atendido no Hospital Regional após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) enquanto trabalhava. “A ambulância trouxe direto para o Regional, sabendo que aqui as chances dele ficar com sequelas seriam menores. É um hospital bem equipado, os médicos são bons, a equipe toda é bem preparada. Eles me dão atenção e eu não me sinto desamparada”, declarou.

Inaugurado em 2007 pelo Governo do Estado, o Hospital Regional Público da Transamazônica - administrado pela Pró-Saúde (Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar) - é uma unidade de retaguarda com atendimento de urgência e emergência.

<< voltar