Revista Hospitais Brasil - Instituto Estadual do Cérebro realiza quase 20 mil consultas em dois anos de funcionamento | Pró-Saúde
Voltar para home
Imprensa

Na Mídia

Revista Hospitais Brasil - Instituto Estadual do Cérebro realiza quase 20 mil consultas em dois anos de funcionamento

Desde que inaugurou em agosto de 2013, o Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IEC), referência em neurocirurgia no Rio de Janeiro (RJ), já realizou 2.322 cirurgias, 19.566 consultas e 41.276 exames de imagem, entre tomografias, ressonâncias e hemodinâmicas.

“O instituto é referência para todo o país e mostra que é possível oferecer atendimento público de qualidade. Com tecnologia de ponta e uma equipe altamente capacitada, é uma unidade essencial para nossa rede. Vamos continuar investindo para que possamos expandir o atendimento”, destaca Felipe Peixoto, Secretário de Estado de Saúde.

Primeiro centro especializado em neurocirurgia do país, o Instituto conta com 180 médicos, sob comando do neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho, um dos principais especialistas do país. São quatro centros cirúrgicos – todos com capacidade de realizar cirurgias neuronavegacionais (operação menos invasiva feita por computador) –, e um centro equipado com ressonância magnética (sala híbrida), além de nove consultórios, 40 leitos de UTI adulto, quatro leitos de UTI pediátrica e dois leitos para pacientes com epilepsia.

“O usuário do SUS é o maior beneficiado pelo serviço de alta qualidade. Temos no Instituto o estado da arte na medicina, com equipamentos que não são encontrados reunidos em nenhuma unidade de saúde”, destaca o neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho.

Para o próximo ano, a previsão é de que seja inaugurado o prédio anexo a de unidade, que contará com 12 pavimentos, 135 leitos de internação, 15 leitos de UTI pediátrica, salão de fisioterapia com hidroterapia e apartamento para readaptação motora, que vai permitir ao paciente faça a reabilitação como se estivesse em casa. Já as crianças que ficarem mais tempo internadas para tratamento a longo prazo poderão contar com uma sala com professor, para evitar que percam o ano letivo.

No IEC, não há atendimento de emergência. O serviço é integralmente referenciado pela Central Estadual de Regulação. Após o primeiro diagnóstico de necessidade de neurocirurgia, o paciente é encaminhado via Central para realização de consulta para avaliação de exames e risco cirúrgico.

<< voltar