Hospital Estadual de Urgência e Emergência

HEUE

O Hospital Estadual São Lucas, hoje chamado de Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), foi criado em 1968, por um grupo de médicos que partiram de municípios do interior do Espírito Santo rumo à capital, Vitória. À época, era uma instituição particular.

Foi desativado no início da década de 70, em função das dificuldades enfrentadas por seus proprietários, sendo o prédio incorporado ao patrimônio da Previdência Social que o transformou em Posto de Assistência Médica (PAM).

Em 1983, um pronto-socorro foi integrado ao hospital, que passou a funcionar como Posto de Urgência e de Atendimento Médico. Em novembro de 1987, foi transformado em Hospital Geral, por meio de convênio assinado com o Sistema Unificado e Descentralizado de Saúde (SUDS). No ano seguinte, após reforma, tornou-se o primeiro Hospital de Urgência do Espírito Santo.

Em janeiro de 1995, suas atividades foram transferidas para o Hospital da Polícia Militar (HPM), para reforma de suas instalações, tendo com isso, reduzido em 50% sua prestação de serviços. O hospital foi reativado em outubro de 1999, após a conclusão das obras.

Em 2004, o Governo do Estado desapropriou o prédio ao lado para que o hospital fosse ampliado. Em fevereiro de 2008, foram iniciadas as obras de duplicação e reestruturação.

Em maio de 2010, o hospital foi desocupado para a conclusão das obras de duplicação da unidade. Em setembro de 2014 a unidade foi reaberta com o nome de Hospital Estadual de Urgência e Emergência.

O hospital está localizado no bairro Forte São João, a dois minutos do centro da capital, Vitória. Atualmente funciona na modalidade conhecida como “porta fechada” — recebe pacientes encaminhados pela Central de Regulação — e é referência regional para atendimento de trauma, de média e alta complexidades, com prestação de serviço médico para pacientes da Região Metropolitana da Grande Vitória e interior do Estado.

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar venceu o chamamento público 01/2015, alcançando 90,5 pontos, de um total de 100 e assumiu a gestão do HEUE em 18 de dezembro de 2015, a partir de um contrato firmado com o Governo do Estado do Espírito Santos, por meio da Sesa (Secretaria Estadual da Saúde).

Princípios fundamentais da assistência

Princípios Institucionais / Organizacionais

Especialidades



O complexo hospitalar dispõe de uma infraestrutura moderna e recursos tecnológicos avançados


Agência Transfusional

O Hospital Estadual de Urgência e Emergência possui uma Agência Transfusional, responsável em buscar bolsas de sangue junto ao Centro de Hemoterapia e Hematologia do Espírito Santo (HEMOES), onde as coletas são realizadas. Após a busca, a equipe atuante na agência leva o sangue para ser armazenado no hospital, garantido as transfusões aos pacientes.

Em parceria com a equipe multidisciplinar, a agência promove ações de conscientização interna, com objetivo de atrair pessoas dispostas a doar sangue e encaminhar para o HEMOES.

Atendimentos


Os pacientes atendidos no Hospital Estadual de Urgência e Emergência
são direcionados pela Central de Regulação da Secretaria de Estado de Saúde (SESA).

Com atuação de retaguarda, o HEUE realizou a partir de 18 de dezembro de 2015:

2144

Internações

38742

Exames Laboratoriais

20111

Exames por Imagem

1705

Cirurgias

4215

Consultas de Ambulatórios

1832

Pacientes Atendidos, em Alta

Protocolos de segurança do paciente

Sob gestão da Pró-Saúde, o HEUE implantou os seguintes protocolos de segurança do paciente:

seguranca
  • Identificação do Usuário;
  • Segurança na Comunicação entre os profissionais do paciente;
  • Prevenção de úlcera por pressão;
  • Cirurgia Segura;
  • Prevenção de queda;
  • Higienização das mãos;
  • Segurança na prescrição, uso seguro e administração de medicamentos;
  • Projeto Plano Terapêutico, envolvendo a equipe multidisciplinar na admissão e alta do paciente, com referência para a Unidade Básica de Saúde de cada bairro e município de residência.

Uma equipe com mais de 600 colaboradores

O Hospital Estadual de Urgências e Emergências conta com uma equipe de mais de 600 colaboradores. Para assegurar o melhor atendimento aos pacientes, a unidade promove ações permanentes de aperfeiçoamento profissional e dos fluxos e protocolos de ação. As principais delas:

  • Realização de reuniões assistenciais semanais, envolvendo os coordenadores e líderes, com o objetivo de alinhar rotinas e processos de trabalho;
  • Realização de reuniões assistenciais semanais, envolvendo os coordenadores e líderes, com o objetivo de alinhar rotinas e processos de trabalho;
  • Diagnósticos das áreas assistenciais, para definição do plano de ação de melhorias;
  • Implantação do Núcleo Interno de Regulação;
  • Criação do Núcleo da Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP), com o objetivo de padronizar os documentos internos e fluxos de rotinas, voltados para a qualidade na assistência ao paciente;
  • Implantação da equipe de humanização.
equipe